CINZA DA CHURRASQUEIRA

Um churrasco ao final de semana. Quem for fazer, me convide… Muitos churrasqueiros de plantão tem um ritual para a limpeza da área, preparo da carne e até mesmo no momento de acender o fogo.

Entretanto, após o churrasco tem a ressaca da churrasqueira que é a cinza de madeira que sobra. Este material em pó pode ter usos naturais e benéficos. Mas é seguro utilizar somente a cinza de madeira natural de fornos a lenha e lareiras, pois as cinzas de cigarro podem conter contaminantes. Uma forma de diminuir os impactos da produção de cinza de madeira é coletar os restos das cinzas da pizzaria ou panificadora mais próxima de sua casa, por exemplo, que seria levada para aterros e lixões.

A cinza de madeira é a sobra orgânica e inorgânica da madeira queimada ou da fibra de madeira crua. As propriedades químicas e físicas da cinza de madeira se diferem consideravelmente dependendo de muitos fatores. As árvores de madeira de lei geralmente produzem mais cinza do que as árvores macias ou madeira branca como se chamam. A casca e as folhas das árvores normalmente produzem mais cinzas do que as partes internas da árvore. Normalmente, a queima da madeira resulta em cerca de 6 a 10% de cinzas.

Cinza da madeira usada em pilhas de compostagem. A compostagem faz uso da matéria orgânica levando-a de volta para o solo de uma forma utilizável. O uso da cinza de madeira ajuda a manter uma condição neutra no solo ajudando os microrganismos a quebrarem os materiais orgânicos. O crescimento da planta é aumentado pela estimulação de microrganismos favoráveis e pelos nutrientes adicionados da cinza da madeira que são essenciais para o solo. Ela deve ser jogada em cada camada de composta à medida que a pilha aumenta.

Cinza de madeira como repelente de insetos
A cinza de madeira é uma alternativa segura como inseticida para uso em jardins. Ela repele insetos, lesmas e caramujos absorvendo a água dos seus corpos até que fiquem desidratados. Espalhar cinzas em torno dos pés das plantas vai controlar os insetos de superfície. Ela terá que ser substituída se ficar úmida, já que isso faz com que perca suas propriedades repelentes.

Cinza de madeira como fertilizante
Adicionar cinza de madeira como um fertilizante irá melhorar drasticamente a saúde e o crescimento das suas plantas. A cinza de madeira contém vários minerais, incluindo potássio, que é um nutriente significante para a planta. Todos os minerais, exceto pelo nitrogênio e o enxofre, que são perdidos pela queima da madeira, permanecem na cinza. O potássio, cálcio, e carbonato de magnésio ou óxido existem em quantias significativas, o que dá às cinzas uma forte reação alcalina e neutraliza os ácidos do solo. As aplicações devem ser limitadas a uma vez por ano de modo que a salinidade e a alcalinidade do solo não fiquem muito altas.

Cinza de madeira como “cal” agrícola
A cinza de madeira contém uma abundância de cálcio que a deixa com características similares à cal agrícola. A cinza de madeira contém até 70% de carbonato de cálcio e pode ser usada como um substituto da cal. Ao contrário do calcário agrícola, que é de ação lenta, a cinza de madeira produz efeitos desejados rapidamente devido ao pequeno tamanho de suas partículas. Como regra geral nunca exceda 30% de cinza para cada parte de solo, ou seja, se for utilizar um quilo de solo, misture até no máximo 300 gramas de cinzas.

A cinza contém uma ampla fonte de fósforo e alumínio. Ela é composta de muitos elementos que são extraídos do solo e da atmosfera durante o crescimento da árvore. Esses elementos ambientais também são fundamentais na produção de forragens e plantios. Antes do plantio começar, um teste adequado do solo deve ser feito para determinar o nível de nutrientes e pH do solo. Ainda que tanto a cinza quanto a cal aumentem a produtividade do plantio, aquela possui a vantagem de também fornecer nutrientes extras para a plantação. Deve-se tomar cuidado durante a aplicação tanto da cal quanto da cinza de madeira, já que ambas são alcalinas e, se usadas em excesso ou de forma incorreta, podem danificar o plantio. 

Bom churrasco e bom uso das cinzas. [email protected]